Tudo o que esse blog não é

a bela da tarde

Não, esse aqui não é um lugar de novidades e notícias fresquinhas

Nem eu tenho condições de falar de todos os grandes lançamentos do cinema (mas sobre um ou outro eu até escrevo).

Também não espere encontrar aquelas críticas detalhadas, sabe? Das que falam até dos delírios mais exóticos dos diretores de fotografia.

Mas se você continuar lendo, eu prometo que a gente vai se divertir bastante.

Vamos falar dos filmes que vimos na Sessão da Tarde, Domingo Maior, Cine Privê  e Temperatura Máxima. Aqueles que fizeram parte  da nossa infância, adolescência, e ainda os que ninguém mais parece ter visto além de mim.

Eu vou falar um pouquinho dos meus filmes favoritos, dos que marcaram a minha vida pra sempre.

Dos que são grandes porcarias, mas que a gente não consegue deixar pra lá.

E até daqueles clássicos de que todo mundo já cansou de falar mas, dessa vez, com alguma coisa nova pra dizer.

E ainda tem espaço pra alguns comentários sobre adaptações literárias, um conselho ou outro e até alguns desabafos sobre o ato de blogar.

Prometo que a única chance de eu escrever “interpretação visceral” aqui seria numa possível resenha de The Walking Dead. Você sabe, vísceras de verdade aparecendo e tal.

Então, que tal passar aqui de novo numa tarde dessas?

6 thoughts on “Tudo o que esse blog não é

  1. Pingback: De onde vem a inspiração | O filme da tarde

Deixe seu palpite aqui. O poder é de vocês!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s