Filmes que abalaram a nossa infância: Lua de Cristal (1990)- Parte 3


Lua de Cristal-capa

Trilogia Lua de Cristal- Parte 1  Parte 2

No post anterior vimos que a sorte não sorriu pra pobre Gracinha. Incapaz de arrumar um emprego, sem coragem de se matricular na tal da aula de canto, explorada pela prima e constantemente assediada pelo primo tarado, ela pensa mesmo em desistir e voltar pra roça de onde veio.
Mas tudo muda quando ela resolve discutir seus problemas com a lua. Sim, a lua, de onde você acha que veio o nome desse filme?scarlettohara-e o vento levou

E aí tudo muda, ela se enche de coragem e diz “Jamais passarei fome outra vez!”   “Eu não vou voltar, eu vou vencer!” E a cena é tão tocante que nos faz pensar que ela bem que deveria tomar umas aulas de interpretação também.

Mas como já dizia a sábia letra ” Tudo pode ser, só basta acreditar, tudo que tiver de ser será”.

E assim lá vai Xuxa toda animada entrar pra pior escola de canto do mundo. Sério, ela foi considerada um talento só por imitar um bem-te-vi. E todo mundo aplaudiu entusiasmado. E as paquitas são as veteranas de lá. Tudo parece muito errado. Será uma armação? Uma pegadinha do Mallandro? E os sonhos que a Maria da Graça teve antes foram avisos pra que ela se mantivesse longe de uma seita maluca? Ou sou só eu superestimando os roteiristas de filme da Xuxa?

aula de canto

Provando que eu estava totalmente errada de desconfiar de um filme tão puro, a vida da Gracinha se torna uma cascata de felicidade. Ela faz novos amigos entre paquitos e paquitas, uma turminha adolescente muito alto-astral no maior clima de azaração. Até cria coragem pra enfrentar o bullying da prima Lindinha.

E mesmo sendo uma criatura inútil que nem sabe fazer um sanduíche (precisando que Duda, uma criança de uns 9 anos, faça por ela) ainda garante um emprego numa lanchonete. Tem também o reencontro com Sérgio Mallandro, mas nem tudo pode ser perfeito nessa vida né?

Ah sim, eu esqueci de falar da plantinha! Sabe, o pessoal do filme quis mostrar esperteza, e colocar na trama símbolos do estado de espírito da protagonista. Dos sonhos eu já falei aqui, em que Xuxa se vê criança correndo com seres da floresta e vai se tornando adulta à medida em que seus próprios planos vão se concretizando na realidade.

cenaverde

Engenhoso né? Mas tem também uma planta que ela encontrou no terraço no dia em que chegou na casa da Tia Zuleica. Ela se aproxima e diz ” Sabe, você se parece comigo” e eu imediatamente pensei ” Comprida, magrela e sem-graça?” Mas acho que a Xuxa se referia ao fato de as duas estarem sozinhas e desamparadas.

Daí em diante dá-lhe regação, amor e desculpa pra músicas sobre a natureza. A planta cresce e dá frutos quando as coisas vão melhorando, e aparece morta no chão quando a Xuxa cai em desgraça. O que? Eu não cheguei nessa parte ainda? Foi mal.

Xuxa lanchoneteAs coisas iam bem na lanchonete, o chove não molha com o Sérgio Mallandro continuava chove não molha, galerinha se divertindo num clima super Malhação (faltou só “uma rodada de suco pra galera”) e toda uma aura de felicidade no ar. Só que Mauricinho, Lindinha e sua turma chegaram pra acabar com a festa.

Um dos integrantes da corja de malfeitores havia roubado o diário de uma paquita só pra fazer o mal, e entregou pra Mauricinho, que por sua vez passou a declamar o que havia nele com uma voz afetada.  Escrevendo assim parece tosco, mas no filme é bem engraçado, juro.

Mas eles não contaram com o fato de que os paquitos, esse grupo de homens machões e viris, não iriam deixar barato e partiriam pra porrada. Que acabaria se tornando uma guerra de comida em que todos arremessavam contra todos como se não houvesse amanhã, ou como se estivessem numa novela das seis. E no dia seguinte a Xuxa, essa santa, se ofereceria pra pagar os prejuízos usando o dinheiro destinado às suas aulas de canto. E ela finalmente voltaria pra casa com o rabo entre as pernas.

Mexeu com a Xuxa mexeu com a gente

Mexeu com a Xuxa mexeu com a gente

Fim de história, certo? Não pro Mauricinho, que resolve sequestrar a prima, amarrar na própria moto e sair por aí sem destino. Só porque ele é mau, e a história precisa de um clímax qualquer. Sérgio Mallandro sai pra salvá-la na sua motoca, que parece que não vai muito longe. Aí a mágica acontece. Ele passa por um túnel e -segure a respiração- vira o príncipe que aparecia nos sonhos da Xuxa! De cavalo branco e tudo! Então os túneis são lugares mágicos? Ou tem que ser um específico? Mais perguntas sem resposta.

cenafinal

Cheio de autoconfiança, o príncipe pula no mar pra salvar Maria da Graça (a moto tinha caído lá, não me pergunte) mas não sem antes acertar um belo de um soco no Mauricinho. É isso mesmo crianças, aprendam a resolver seus problemas com violência. Só que Gracinha continua desacordada, aparentemente morta.

Do nada chegam Duda, paquitas e paquitos, que ficam rodando em torno do corpo da Maria da Graça como numa ciranda(!) E eu achando que esse era o momento dramático. Pra encurtar, o príncipe acorda Xuxa com um beijo, e na cena seguinte eles estão numa apresentação pública da Maria da Graça com as paquitas.

Parece que tudo deu certo, todo mundo muito feliz, Xuxa cantando etc. Mesmo assim, achei que ela acabou se contentando com muito pouco. Uma apresentação num parque, aparentemente gratuita, não é bem a definição que eu tenho de sucesso. E ela nem parecia gostar muito do Sérgio Mallandro, apesar de ele aparecer como príncipe nos sonhos dela. Quando ele declara seu amor, ela muda de assunto e deixa o sujeito no vácuo! Epic fail!

9 - xuxa-luadecristal

Aqui termina essa saga emocionante que destrinchou um clássico absoluto do cinema nacional. E agora precisamos comemorar. O que você está esperando? Arraste os móveis da sua casa, coloque o som no máximo e chame os vizinhos pra dançar!

Anúncios

7 thoughts on “Filmes que abalaram a nossa infância: Lua de Cristal (1990)- Parte 3

  1. Pingback: Filmes que abalaram a nossa infância: Lua de Cristal (1990)- Parte 1 « O filme da tarde

  2. Pingback: Filmes que abalaram a nossa infância: Lua de Cristal (1990)- Parte 2 « O filme da tarde

  3. Muito boa essa trilogia! Ri até dos seus comentários sobre o filme (que assisti não sei quantas vezes, porque fui criança apaixonada pela Xuxa).

  4. Geeeeente. O Paquito da esquerda lembra o Justin Bieber (me desculpe o paquito, não quis te ofender!). Ameeeei o post! Lembrei de todas as cenas. Anos 90 true!

Deixe seu palpite aqui. O poder é de vocês!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s